Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

A minha carta ao Pai Natal.

 

Querido Pai Natal,

 

Sei que estamos em crise a não há dinheiro para prendas. Mesmo assim, atrevo-me a pedir-te não uma, mas duas prendas. Como a minha massa cinzenta anda muito gasta, gostaria de ter uma nova, toda brilhante e a funcionar na perfeição. Uma daquelas com um processador de último modelo, que funcionasse à velocidade da luz e que tivesse muitas ideias e vontade de trabalhar.

 

E se houvesse por aí uns cotovelos com as dobradiças melhores que as minhas, também me davam jeito. É que os meus pobres cotovelos de carregarem tantos pesos, já se recusam a colaborar. Eu lá os convenço a muito custo, mas todos os dias é a mesma lengalenga para os dobrar. 

 

Este ano portei-me muito bem! Tenho aguentado com paciência infinita os mandos e desmandos das pinguins e tenho dado boas notas aos alunos (apesar de alguns não merecerem) ...

                                                                                    Um beijinho da amiga Pepper